reTRO

Junho 28, 2009

Sem título-1_

 

Não tenho “gira-discos” e ainda bem ou caso contrário teria saído desta loja carregada.

É um verdadeiro paraíso de relíquias, é vinil por todo o lado e, inconscientemente, obrigamo-nos a tocar nas capas ao de leve, a pegar no disco lentamente e cautelosamente o observar, como se qualquer movimento em falso fizesse desaparecer algo quase único e especial.  

Saí dali com vontade de experimentar o velho gira-discos guardado lá em casa da avó… será que ainda funciona?

hm…

Retroparadise, na Rua do Almada

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: